Logo
Vale do Ivinhema, 09 de Agosto de 2020
Busca avançada
Publicidade
Redes sociais
          
Notcias

Professoras apresentam Programa de Conscientizao Ambiental no MS

10/01/2012


Com a intenção de garantir e monitorar o acesso a informações aos usuários da BR-262, no trecho entre Corumbá e Anastácio (MS), com obras de recuperação e implantação de acostamentos e programas de gestão ambiental supervisionados pela Coordenação Geral de Meio Ambiente (CGMAB/DNIT), as professoras da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Dulce Fernandes e Regiane Ribeiro vão visitar os municípios contemplados pelas obras entre os dias 09 e 15 de janeiro.

Contando com a colaboração de toda a sociedade local, as professoras do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), pertencente a UFPR, devem apresentar o Programa de Conscientização Ambiental (PCA) a setores da sociedade, como poder público, empresas, mídias e sociedade civil.

Para Dulce Fernandes, a essência da visita está no estreitamento de laços com a sociedade beneficiada pela rodovia. “Para uma melhor comunicação com os usuários da rodovia foi elaborado um programa com o objetivo de conscientizar a todos sobre a importância da integração sustentável da BR 262 com a natureza, divulgando e instigando a reflexão sobre preservação ambiental e as consequências das ações humanas ao ambiente”, explica.

Entre os locais que receberão atenção das professoras estão o Porto Seco, em Corumbá, local de paragem de 300 a 400 caminhões por dia, a empresa de transporte viário Andorinha, que opera linhas intermunicipais, o posto de pedágio, além de restaurantes, pontos turísticos, assentamentos, aldeias indígenas e comunidade em geral.

Disco temático e articuladores locais
A partir da próxima terça-feira (10) serão realizados contatos com as rádios locais para distribuição de um CD com jingles e outro com músicas temáticas sobre conscientização ambiental. Para Regiane Ribeiro, o álbum, composto por 12 faixas, é uma estratégia diferenciada de comunicação para os usuários da rodovia com mensagens que promovam uma percepção dos principais problemas detectados na região: “O trabalho junto às emissoras é um diferencial do Programa de Comunicação, já que esse meio de comunicação possui grande poder de fixação e penetração junto ao público. Além disso, as rádios que aderirem ao PCA vão prestar utilidade pública, algo de fundamental importância para os veículos de comunicação.”

Além disso, as professoras devem iniciar trabalhos com articuladores locais da comunicação social. Esses profissionais terão a missão de estreitar as relações entre o PCA com os demais atores sociais. O PCA conta com articuladores locais que atendem os municípios de Miranda, Anastácio e Corumbá.

Programa de Gestão ambiental na BR-262
O planejamento do Programa de Gestão Ambiental (PGA) das obras da BR-262, desenvolvido pelo ITTI-UFPR, tem como objetivo minimizar, mitigar e compensar os impactos ambientais decorrentes das obras. Divididos em 15 programas, o PGA compreende a gestão integrada do empreendimento e a supervisão dos programas ambientais. As ações que serão executadas pelas professoras na próxima semana fazem parte do Programa de Comunicação Social. (Midiamax)